Colégio Salesiano Região Oceânica
Ícone com a palavra confira, relacionada a matéria principal
Home Pastoral 2017 Matéria: Dia Nacional da Juventude

Dia Nacional da Juventude

O Salesiano sediou o DNJ 2017 que reuniu milhares de jovens da Arquidiocese de Niterói (RJ).


Dia Nacional da Juventude

No dia 29 de outubro, todos os caminhos levaram a juventude da Arquidiocese de Niterói para um único lugar: Ginásio Dom Bosco, Salesianos, Santa Rosa, Niterói (RJ). Local escolhido para o Dia Nacional da Juventude (DNJ), da Arquidiocese de Niterói, que terminou com gostinho de quero mais. Foram 4.000 jovens celebrando o seu dia na Casa Salesiana, como queria Dom Bosco.

“Queremos seguir Jesus Cristo, vivendo o verdadeiro amor”, segundo palavras do Arcebispo de Niterói, Dom José Francisco, durante a sua homilia. Organizado pelo Setor Juventude, da Arquidiocese de Niterói, o DNJ reuniu milhares de jovens, dos 14 municípios. A Missão, as pastorais e Novas Comunidades estiveram presentes com estandes vocacionais. O tema “Amar e Servir” (Santo Inácio de Loyola), foi trabalhado durante todo o dia em diversas atividades.

Logo pela manhã, ocorreu o show de Davidson Silva (Missionário da Comunidade Shalom) e em seguida, a Adoração ao Santíssimo Sacramento, um dos momentos mais fortes do Dia Nacional da Juventude na Arquidiocese de Niterói. A animação ficou por conta da Banda Novo Caminho.

No encontro, também houve confissão, atividades interativas e formações, nas quais os jovens podiam escolher o que fosse de seu interesse. Havia oficina de slackline, ecologia, música, confecção de terços, técnicas de desenho. E as formações no palco principal discutiam sobre os temas “Ser Igreja, Ecumenismo e DOCAT”.

À tarde, teve início a Santa Missa, presidida por Dom José Francisco e o Bispo Auxiliar Dom Luiz Ricci. Em sua homilia, o Arcebispo, demonstrou sua gratidão ao ver o ginásio do Salesiano cheio de jovens, expressando o espírito de Igreja e Comunhão por Jesus e por amor a Jesus. “Queremos seguir Jesus Cristo, vivendo o verdadeiro amor. O amor Ágape.” E concluiu, cantando: “Prova de amor maior não há que doar a vida pelo irmão…”

Dom Ricci enriqueceu o momento, quando contou sobre seu chamado vocacional, quando começou na Pastoral da Juventude, em 1986, e participou do DNJ em Bauru (SP).  A partir desse serviço à juventude, ele foi descobrindo seu chamado sacerdotal. “Quem sabe o Bom Deus suscite aqui vocações sacerdotais e religiosas, a messe é grande e os operários são poucos, considerem estas possibilidades”, aconselhou o Bispo Auxiliar.

Na bênção final, Dom José Francisco, concedeu uma bênção especial aos jovens que irão fazer o ENEM. Nesse momento, os jovens receberam a bênção para o aprendizado e discernimento, fundamentais para quem presta um concurso.

O DNJ 2017 foi encerrado com o show do cantor Diego Fernandes, que animou milhares de jovens.

O Setor de Comunicação da Arquidiocese de Niterói, transmitiu todo o evento pela Rádio Anunciadora e LIVE do Facebook, com a ajuda do Diácono Nélio do Amparo, de Luís Marcelo, Luís Victor e Ingrid Bianchini, junto com os funcionários do Setor de Comunicação da Arquidiocese.

Memória

Com o Ano Internacional da Juventude, decretado em 1985, pela ONU, a Pastoral da Juventude no Brasil assumiu o DNJ como gesto concreto, e realizou o primeiro evento em 1986.

No ano de 1986, o então Papa João Paulo II, hoje São João Paulo II, instituiu o Dia Mundial da Juventude, que a Igreja celebra no Domingo de Ramos. Todas as dioceses do mundo são chamadas a organizar uma concentração, com os jovens das paróquias, movimentos, pastorais e novas comunidades da região, a fim de realizar as Jornadas Diocesanas da Juventude.

Atualmente, este dia é celebrado no último domingo de outubro, sendo que as comemorações podem ser realizadas em outras datas. O DNJ é um evento anual, e é um dia marcado por mobilizações de milhares de jovens em todo o país, celebrando como Igreja, a vida da juventude.

Fonte: Arquidiocese de Niterói (RJ)


Postado em 08 de Novembro de 2017 - Categoria: Pastoral