Colégio Salesiano Região Oceânica
Ícone com a palavra confira, relacionada a matéria principal
Home Ensino Médio 2017 Matéria: 13º lugar na UERJ

13º lugar na UERJ

Arthur Freitas - 13º lugar na UERJ em Arquitetura e Urbanismo


13º lugar na UERJ

    Warning: opendir(destaques/destaque_591/galeria_591/thumb): failed to open dir: No such file or directory in /var/www/html/niteroi/INICIO/SR/materia.php on line 334

    Warning: readdir() expects parameter 1 to be resource, boolean given in /var/www/html/niteroi/INICIO/SR/materia.php on line 335

    Warning: sort() expects parameter 1 to be array, null given in /var/www/html/niteroi/INICIO/SR/materia.php on line 338

    Warning: Invalid argument supplied for foreach() in /var/www/html/niteroi/INICIO/SR/materia.php on line 339
Confira em tamanho original

O Salesiano Santa Rosa aplaude o indelével aluno Arthur Freitas pela aprovação em 13º lugar na UERJ – Universidade Estadual do Rio de Janeiro no curso de Arquitetura e Urbanismo. Em um depoimento especial o aluno afirmou: “Essa vaga não foi uma conquista só minha, mas de todos os professores que tive no Salesiano”. Confira na íntegra:

 

DIFERENCIAIS DO SALESIANO

 

Entrei no Salesiano no ano de 2010, no 6º ano do Ensino Fundamental, e me formei na 3ª série do Ensino Médio em 2016. Neste período, participei de vários projetos importantes para o meus estudos: a Monitoria Universitária, o Salão do Vestibular, a Monitoria Voluntária e as Olimpíadas Pedagógicas.

 

As Olimpíadas tiveram importante peso nos meus estudos para as provas do Colégio e para os vestibulares também, sendo que com a Monitoria e o Salão do Vestibular, eu pude trabalhar certas questões das provas das Olimpíadas para complementar o conteúdo programático. Na Monitoria Voluntária eu ainda tive o prazer de ajudar colegas a aprender o conteúdo de História, que gosto muito.

 

Entre os mais especiais para mim foram: o teatro, do qual fiz parte de 2012 até 2015, e o Jornal da escola, que foi fundado por mim e duas amigas, do qual participamos até sairmos da escola. O teatro foi importante para mim por trazer um novo horizonte cultural e pelo trabalho corporal e mental. Já “@ Rede”, o jornal de alunos do CSSR, me possibilitou um senso muito bom de responsabilidade e administração. 

 

Uma ótima lembrança que guardarei pra sempre é quando a sexta-feira à tarde chegava (em 2016) e eu ia pro Vest Salê ser Monitor Voluntário e estudar para alguma prova ou para algum vestibular. Era muito bom passar à tarde no Salão do Vestibular.

 

A parte mais significativa dos meus estudos era em sala de aula, onde as explicações dos professores, muito bem detalhadas, me faziam absorver a maior parte da matéria, o que inclusive fez com que me tornasse Monitor Voluntário de História. E, assim, eu aprofundar a matéria que já conhecia. Outras matérias, como a de Matemática, eram pura aplicação e prática, por isso acredito que Aimée, a monitora da disciplina, sempre me via no Salão do Vestibular. 

 

APROVAÇÃO – CALOURO UNIVERSITÁRIO

 

Em 2017, finalmente saíram os resultados do vestibular. Estava confiante com o resultado da UERJ, pois senti facilidade na prova de História, disciplina a qual trabalhamos muito bem o conteúdo e a forma como o vestibular deveria cobrar durante as semanas de aulas específicas no Salesiano.

 

Quando saiu o resultado do vestibular acordei minha família no meio da madrugada pra contar, todos ficaram muitos felizes. O sentimento na hora foi intenso, a sensação de dever cumprido e muito orgulho do que conquistei. Porem, essa vaga em Arquitetura e Urbanismo não foi uma conquista só minha, mas de todos os professores que tive no Salesiano.

 

A equipe da 3ª série EM do CSSR é incrível! Além disso, tiveram alguns professores, como Renata de Português, que não me deram aula neste ano diretamente, mas também me ajudaram muito.

 

ARQUITETURA E URBANISMO

 

Não sei exatamente quando eu decidi o que queria ser, mas um marco importante para mim foi ao final do Ensino Fundamental I, quando ao ganhar um concurso de redação promovido pela NITTRANS, todos perguntavam para mim e aos meus pais “E o que ele quer ser quando crescer?” e automaticamente eu falava que seria arquiteto. Minha opção chegou até a mudar um pouco, pensei em Marketing e Publicidade, mas o que me cativou mesmo foi a Arquitetura e um foco especial no Urbanismo, confirmando isso na MIP – Mostra de Informação Profissional do Salesiano em 2016. 

 

#SempreSalesiano

 

Lembro-me de quando passei no corredor da biblioteca ao fim do recreio e vi o Léo, assistente do Fundamental da manhã, conversando com um aluno tentando animá-lo, sentados na escadaria vermelha do pátio, logo em frente às salas dos professores. Casos como esse aconteciam enquanto eu estudava no CSSR, mas esse aconteceu em 2017, quando voltei para fazer uma visita. 

 

O Salesiano durante 5 anos, se tornou minha segunda casa. Isso, indubitavelmente, aconteceu na 3ª série, mas de modo geral, o Colégio me ofereceu um ambiente acolhedor e, principalmente, que estimulou minha criatividade - tanto que criei o jornal de alunos. Logo, uma coisa é certa, aqui a gente encontra carinho

 

 

 

 


Postado em 18 de Abril de 2017 - Categoria: Vestibular